Notícias empresariais


EMPRESARIAL - Conheça as vantagens de prestar serviços para o exterior

Publicado em 12 de fevereiro de 2020

O ano de 2020 começou com o dólar oscilando sempre acima de R$ 4,00. Para as empresas é uma oportunidade de se prestar serviços para clientes internacionais e melhorar as margens e o faturamento em reais. Este cenário não deve se alterar no curto prazo, então a janela de oportunidade é grande o suficiente para aproveitarmos.

Por exemplo, uma estimativa da Consulting.com em 2019 apontou que a hora-consultoria em Recursos Humanos nos Estados Unidos pode custar em média US$ 142,00. Convertido na cotação de fechamento do mercado de 4 de fevereiro (R$ 4,2552), isto pode representar R$ 604,24 por hora-consultoria. Ou seja, um projeto internacional simples, estimado em 15 horas de consultoria, cotado pela média do mercado norte-americano, pode gerar um faturamento de mais de R$ 9 mil.

Há vários serviços que podem ser prestados a partir do Brasil para clientes de todo o mundo. É o caso de desenvolvimento de aplicativos e softwares, design, estratégia de marketing digital, consultoria jurídica ou consultoria de negócios. Equipes de profissionais podem atender a partir do Brasil clientes em diversos lugares do mundo.

As oportunidades estão em vários lugares. Um exemplo: a Unctad (Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento) indicou que o Brasil foi o quarto país a receber investimento estrangeiro direto em 2019. Esta tendência deve se manter em 2020, se a economia tiver o desempenho previsto pelos economistas. Essas empresas que estão vindo para o Brasil vão precisar de suporte para se instalar: arquitetos para os escritórios, consultoria jurídica para formalizar suas atividades no Brasil, agências de marketing para divulgar a marca e os produtos, e vários outros. Esses profissionais podem ser remunerados em dólar.

Outro exemplo: como o dólar alto torna o Brasil mais barato, consultores brasileiros de elevada qualificação podem disputar o mercado internacional oferecendo valores mais baixos que os internacionais, e ainda assim elevar o seu faturamento em reais.

Instituições como a Amcham podem ajudar empresas brasileiras a se internacionalizar. Há programas governamentais, liderados pela Apex Brasil, que promovem missões empresariais no exterior, para feiras, eventos e rodadas de negócio. Governos de países estrangeiros e associações empresariais também contam com iniciativas neste sentido. Esses são alguns dos caminhos que podem ser trilhados pelos empreendedores brasileiros para explorarem oportunidades globais.

 

Como faturar por serviços prestados ao exterior

Receber os pagamentos pelos serviços prestados ao exterior pode ser mais simples do que parece. O primeiro passo é ter um contrato assinado com o cliente no exterior. Este contrato pode ser assinado digitalmente. Pela lei brasileira, ele precisa ter uma parte brasileira e uma estrangeira, residente no exterior, e precisa constar o valor do serviço e a moeda de faturamento.

Depois que o serviço foi prestado, é necessário emitir uma invoice, que é o documento utilizado para faturamento de serviços no exterior. A invoice pode ser gerada em um editor de texto, e precisa conter:

·         descrição do serviço

·         o preço, na moeda discriminada no contrato

·         forma de pagamento

 

Uma das melhores formas de receber o pagamento é por wire transfer, ou transferência internacional. É uma operação similar a uma TED no Brasil, mas entre contas de países diferentes. Para receber por wire transfer, a empresa precisa de uma conta bancária com os códigos SWIFT e Iban, que são utilizados para identificar o banco, a agência e a conta em uma transferência internacional. Caso você opte por receber por wire transfer, os dados de Iban e SWIFT da sua conta no Brasil precisam constar da invoice.

A Remessa Online é a melhor solução para sua empresa receber por serviços prestados ao exterior. Ao cadastrar a sua empresa como Pessoa Jurídica na plataforma, você passa a contar com seu canal bancário próprio, com códigos Iban e SWIFT. Não se esqueça de inserir na sua invoice os dados do Banco Intermediário.

Uma vez feito o pagamento, você é informado por e-mail. Na plataforma, é importante discriminar qual a natureza do recebimento - no caso, pagamento de serviços - e fazer upload da invoice e do contrato de prestação de serviços, que pode ser assinado digitalmente. O dinheiro pode ser resgatado diretamente na conta corrente de sua empresa, na cotação comercial do momento em que o resgate é solicitado.

O custo para receber o pagamento pela Remessa Online é de 1,3%. Sobre a operação incide também 0,38% de IOF. Também pode haver cobrança de Imposto de Renda, conforme o tipo de serviço prestado.

O momento não poderia ser mais propício para explorar oportunidades de negócio no exterior. Comece agora mesmo e transforme sua empresa em uma operação global, independente do seu tamanho.

Fonte: Administradores


copyright 2018 - Desenvolvido por Sitecontabil